Integrante do Fórum dos Servidores reage a supersalários do MP: “Um absurdo. Fora da realidade”

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol), Nilton Arruda, que também integra o Fórum dos Servidores Estaduais, demonstrou total indgnação aos supersalários pagos a 22 membros do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), que juntos receberam mais de R$ 4,7 milhões.
“Isso é um absurdo. A fonte dos pagamentos é a mesma. Mas o Estado só consegue pagar os altos vencimentos de uma categoria que já tem dinheiro sobrando, as chamadas sobras orçamentárias. Já o trabalhador assalariado fica com os salários atrasados. Se o Estado passa por uma crise, essa crise deveria ser de todos, e não apenas dos menores. É como se esse pessoal aí estivesse fora da realidade para não se sensibilizar com o que está acontecendo”, criticou.
O Governo do Rio Grande do Norte ainda deve aos servidores estaduais os vencimentos dos meses de novembro e dezembro de 2018 e o 13º salário do ano passado.

Share this

Related Posts

Compartilhe esta postagem