Homens travam portas, ateiam fogo a bar e matam 25 pessoas no México

Pessoas do lado de fora do bar que foi incendiado em Coatzacoalcos – Angel Hernandez/AFP
Um incêndio criminoso em um bar da cidade de Coatzacoalcos, leste do México, matou ao menos 25 pessoas na noite de terça-feira (25), segundo o presidente do país, Antonio Manuel López Obrador. Há suspeitas de que o ataque tenha relação com os cartéis do tráfico de drogas.
“Os criminosos chegaram, fecharam as portas, bloquearam as saídas de emergência e atearam fogo ao local”, disse Obrador, em entrevista coletiva.
Sobreviventes afirmaram à AFP que o ataque foi executado por oito homens armados, que invadiram o bar com galões de gasolina.
“É a coisa mais inumana possível”, disse o presidente. “É lamentável que o crime organizado aja desta maneira”.
Obrador disse que as autoridades locais serão investigadas, pois os autores do ataque foram presos, mas soltos em seguida.
O bar, chamado Caballo Blanco, apresentava shows de pole dance e possuía quartos para os clientes passarem a noite. Ao menos oito mulheres morreram no incêndio.
Veracruz é uma das regiões mais violentas do país. Localizada no Golfo de México, é uma das principais áreas usadas pelos narcotraficantes para o transporte de drogas aos Estados Unidos. O lugar também é cenário frequente de extorsões e sequestros de migrantes.
“Em Coatzacoalcos o suposto ataque não ficará impune”, publicou o governador de Veracruz, Cuitláhuac García, em uma rede social. “Grupos criminosos não são mais tolerados”.
O ataque ocorre quase oito anos depois de um incêndio em um cassino em Monterrey matar 52 pessoas, em 2011, que foi atribuído a um cartel, como forma de aumentar a cobrança de taxas de proteção.
O incêndio no bar desta terça desperta temores de uma volta de atos de violência de grande porte, como os realizados entre 2006 e 2012 durante a guerra contra as drogas.
Folha de São Paulo

Share this

Related Posts

Compartilhe esta postagem