Dama de Espadas: Delação de Ritinha homologada por Fachin envolve 52 políticos e desembargadores


Dez desembargadores (sendo dois aposentados), quatro ex-governadores, o atual governador Robinson Faria, dois senadores, cinco deputados federais, um ex-deputado federal, dois senadores, um ex-senador, deputados estaduais, oito Conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (sendo três já aposentados) e outros políticos são citados nas Colaborações Premiadas da ex-procuradora-geral da Assembleia Legislativa, Rita das Mercês, e cinco familiares.

Os agentes políticos e membros do judiciário são apontados como supostos beneficiados e mandantes do esquema de inclusão de servidores fantasmas no quadro da Assembleia Legislativa.
A delação de Ritinha e familiares foi firmada com o Ministério Público Federal e homologada pelo Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin.

Os depoimentos das testemunhas de acusação da Operação Dama de Espadas começam em 28 de junho.
A advogada de Ritinha já confirmou à Tribuna do Norte que as provas serão confirmadas em juízo.
Todos os detalhes da delação de Rita estão na edição impressa da Tribuna do Norte.

Share this

Related Posts

Compartilhe esta postagem