‘Não vai prender’, gritam manifestantes em São Bernardo do Campo.



Os milhares de manifestantes que estão reunidos na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, gritam “não vai prender!” ao juiz Sergio Moro, que determinou a prisão do ex-presidente Lula mesmo antes da conclusão dos embargos na segunda instância, no TRF4, de Porto Alegre.

O ato está sendo liderado por Guilherme Boulos, do MTST, por centrais sindicais e outros movimentos sociais. Lula está dentro do prédio do sindicato e fez uma aparição na janela, transmitida em sua página no Facebook.

Em coletiva de imprensa, a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), o senador Humberto Costa (PE) e o líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta (RS), afirmaram que os advogados de Lula estão considerando “todos os recursos possíveis” e convocaram a militância a fazer uma vigília no local.
Acompanhe a transmissão da Mídia Ninja:

Share this

Related Posts

Compartilhe esta postagem