‘Covardia’, diz irmão de cantor de banda católica morto com tiro nas costas em Natal

Alex frança“É um choque, uma dor sem tamanho, saber que ele não está mais ali, saber da covardia que foi feita”. A declaração é do consultor de vendas Alexandre França, 42 anos, irmão do cantor e professor Alex Fabiano de Sousa França, 36, que morreu após ter sido baleado em um assalto na Zona Oeste de Natal, na noite desta terça-feira (3). “É muito difícil receber da notícia, segurar a barra, e mais difícil ainda dizer para a família”, complementa o irmão.
De acordo com a família, Alex foi baleado pelas costas, mesmo estando deitado no chão e sem esboçar reação ao assalto. O caso aconteceu no início da noite, quando ele saída da casa de um amigo no bairro Felipe Camarão e seguia para a primeira aula do mestrado em Educação Física, que iria começar em uma universidade privada da capital potiguar. “
O cantor foi socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento da Cidade da Esperança, na Zona Oeste da cidade, e de lá foi transferido para o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, maior unidade de saúde da capital potiguar, na Zona Leste, mas não resistiu e morreu antes de ser iniciada a cirurgia.
Alexandre conta que Alex era o mais novo de quatro irmãos, era solteiro e querido por todos. “Meus pais já são idosos. Meu pai já tem 80 anos e minha mãe, 76. O sofrimento maior é deles”, lamenta o irmão.

Share this

Related Posts

Compartilhe esta postagem