Buracos em Questão: A Cidade de Jucurutu no mundo da Lua



Sabemos que mais de 70% das estradas do Rio Grande do Norte estão ruins ou péssimas, e depois das fortes chuvas do mês de Abril, a RN 118 que corta a cidade de Jucurutu está um caos total, buracos pra todo lado, o risco de acidentes é enorme. 

Sabemos também que embora o asfalto passe por dentro da área urbana do município, a responsabilidade de reparos é do Estado através do DER, por se tratar de uma rodovia estadual.

Queria aqui dizer que especificamente no caso de Jucurutu, estamos vivendo na Lua, sim, no mundo da lua, não somente pelos buracos (crateras) no asfalto, do Bairro Novo Horizonte cortando pela principal até o bairro Freitas, mas pela falta de atitude de nossos gestores, lideres políticos, Vereadores e o deputado da terra. São disputas, acusações, politicagem no radio e nas redes sociais, procurando culpados e ninguém faz de fato a ação de resolver ou amenizar o problema da estrada. 

Como cidadão e em nome da população quero aqui cobrar algo efetivo, ação, da Gestão através do Secretário de Obras Felipe a quem já cobrei varias vezes pessoalmente, também ação do DER principal responsável por essa estrada, aos Vereadores que podem cobrar aos seus deputados, e por fim cobro ao deputado estadual Nelter Queiroz, que se intitula filho da terra, que ama a cidade e está próximo ao governo do Estado. Na condição de deputado no sétimo mandato Nelter tem feito muito pouco pela cidade, principalmente depois que seu filho perdeu a eleição, demonstra magoas e pouco faz pela cidade que lhe dá o maior numero de votos em cada eleição. 

Jucurutu não é de Queiroz, de Valdir, de líder nem um, é de todos! A quem o povo confiou o poder, deve agir em favor do coletivo, e a cidade clama por essas ações coletivas seja de quem for os méritos, enquanto os senhores ficarem na queda de braço, o município é quem padece.

A Disputa foi em 2016 e a próxima só em 2020, disputar agora ou ficar nessa queda de braço, sem agirem, a cidade não sai do lugar. Fica nosso Conselho: Todos lutem pelo bem coletivo e esqueçam as paixões por seus líderes!

Share this

Related Posts

Compartilhe esta postagem