Túnel de pedestres abandonado vira ponto de consumo de drogas na Zona Norte de Natal

Estrutura fica no bairro Igapó, sob a Avenida João Medeiros Filho. Por causa da insegurança, moradores evitam o túnel e arriscam atravessar a pista.


Lixo, mato, lama, escuridão e pragas urbanas compõem o cenário atual do túnel  (Foto: Lucas Cortez/G1)

ixo, mato, lama, escuridão e pragas urbanas compõem o cenário atual do túnel de pedestres do bairro Igapó, na Zona Norte de Natal. O espaço público, que deveria facilitar o deslocamento da população, gera insegurança e faz os moradores se arriscarem na travessia da avenida João Medeiros Filho, a mais movimentada da região, para evitar seguir pelo túnel.
Pessoas que transitam nos arredores do viaduto dizem que o túnel antes era limpo, e tinha iluminação e câmeras de segurança, mas que, pouco tempo depois da inauguração, os equipamentos foram quebrados e furtados. Além disso, o espaço tornou-se um ambiente para práticas de atos ilícitos.
"Hoje esse túnel só é utilizado para consumo de drogas e para fazer sexo", disse o taxista Júnior Bernardino, que há sete anos trabalha em um ponto de táxi que fica ao lado da construção. Ainda segundo o taxista, um posto da Polícia Militar, na entrada do túnel, está fechado há mais de dois anos, contribuindo para a insegurança do local.
No escuro e sem segurança, o túnel deu lugar a um depósito de lixo e criadouro de pragas urbanas (Foto: Lucas Cortez/G1)          No escuro e sem segurança, o túnel deu lugar a um depósito de lixo e criadouro de pragas urbanas (Foto: Lucas Cortez/G1)
Com isso, os pedestres precisam se arriscar e atravessar a avenida entre os veículos. "Tem acidente direto aí. O povo vai atravessar e acaba sendo atropelado. Só daqui do bairro morreram três pessoas tentando passar de um lado pro outro", disse Carmen Gomes, que há 37 anos mora no bairro Igapó. Ela defende que a revitalização do túnel poderia evitar as tragédias.

No escuro e sem segurança, o túnel deu lugar a um depósito de lixo e criadouro de pragas urbanas, como ratos, baratas e mosquitos. "É uma imundice só. Tem de tudo aí dentro. Tronco de árvore, pneu, fezes, bicho... Sem falar que também virou motel", afirma Elizângela Silva, também moradora do bairro.
Por o túnel ser localizado sob uma via estadual, o G1 procurou a Secretaria de Infraestrutura do Rio Grande do Norte, que informou ser o Departamento de Estradas de Rodagens (DER) responsável pelo assunto. O órgão, por sua vez, disse através da assessoria de imprensa que vai se pronunciar sobre a situação do túnel após uma reunião na manhã desta quinta-feira (15).

Pedestres se arriscam ao atravessar a avenida João Medeiros Filho, em Natal  (Foto: Lucas Cortez/G1)Pedestres se arriscam ao atravessar a avenida João Medeiros Filho, em Natal (Foto: Lucas Cortez/G1)

Via G1 - RN

Share this

Related Posts

Compartilhe esta postagem