Forte esquema de segurança é montado para votação do ‘RN Urgente’


Um forte esquema de seguança foi montado ao redor da Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (31) – penúltimo dia de convocação extraordinária.

Os servidores públicos estaduais são contrários ao chamado ‘RN Urgente’, nome que foi dado ao pacote. Dos 18 projetos que fazem parte do pacote, quatro já foram aprovados e outros cinco estão prontos para votação.

Via: Robson Pires 
Compartilhe esta postagem

Energisa Borborema explica reajuste na conta de luz em seis cidades da Paraíba


O gerente da Energisa Borborema, Fabrício Sampaio, comentou sobre a correção na tarifa de Campina Grande e mais cinco cidades, anunciada pela Aneel, e explicou que o aumento se deve ao custo elevado de geração de energia.

Ele ainda destacou que dentro da parcela B, que tem a ver com a distribuidora Energisa, a tarifa sofreu uma redução de 0,46% e na parcela A, que é reajustada com base na geração, a tarifa sofreu aumento.

Via: Xerife 
Compartilhe esta postagem

Projeto retira dos municípios responsabilidade pela iluminação pública


Está na pauta de votação da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) projeto de decreto legislativo que retira dos municípios a responsabilidade pelos serviços de iluminação pública.

O PDS 85/2015, do deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP), susta trechos de duas resoluções da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que repassaram às prefeituras a obrigação pela elaboração de projetos, implantação, expansão, operação e manutenção das instalações de iluminação pública. O projeto também suspende a transferência para os municípios de bens das distribuidoras de energia, como luminárias, lâmpadas e reatores, também determinada pela Aneel.

De acordo com Marquezelli, as mudanças feitas pela Aneel deveriam ter sido propostas pelo Congresso ou por um decreto presidencial. “A Constituição atribui à União a competência para explorar os serviços por meio de concessão de instalações de energia elétrica”, afirma o deputado.

Para o senador Paulo Rocha (PT-PA), relator da proposta na CAE, ao retirar das companhias distribuidoras de energia a obrigação pela iluminação pública, a decisão da Aneel prejudicou os municípios. Muitas prefeituras, segundo ele, não têm capacidade técnica para a função e, para custear o novo encargo, são obrigadas a aumentar a Contribuição de Iluminação Pública.

No relatório favorável à proposta, Paulo Rocha afirma também que prefeituras de São Paulo, Minas Gerais, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Pará e Amazonas ainda não receberam as redes públicas e que boa parte delas ainda não instituiu a Contribuição de Iluminação Pública para não onerar o contribuinte.

Depois da CAE, a proposta deve ser analisada pelas Comissões de Infraestrutura (CI) e de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

Via: Agência Senado

Compartilhe esta postagem

Jovens podem completar ensino fundamental com Projovem


Criado pelo Ministério da Educação, o Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem) ajuda os interessados em concluir o ensino fundamental e obter um certificado profissionalizante para se inserir no mercado de trabalho. No total, serão ofertadas 43 mil vagas na modalidade Urbano e outras 11 mil na Campo, por meio das secretarias de Educação estaduais e municipais. A matrícula irá ocorrer até 28 de fevereiro. As aulas têm início previsto para março.

A medida beneficia jovens de 18 a 29 anos que saibam ler e escrever. Os cursos, com duração entre 18 e 24 meses, buscam a educação fundamental e a qualificação profissional inicial. Aos estudantes e educadores dos programas, é fornecido todo o material didático-pedagógico específico. Para mais informações, os interessados devem procurar a secretaria de educação estadual ou municipal de sua localidade.

Via: Danilo Evaristo 
Compartilhe esta postagem

Governo prorroga prazo para implantar carteira de motorista eletrônica


O governo federal prorrogou para 1º de julho deste ano o prazo de implantação da carteira nacional de habilitação eletrônica (CNH-e) em todo o país. A obrigatoriedade de emissão estava prevista para 1º de fevereiro. Até a nova data, os departamentos de Trânsito de todos os estados e do Distrito Federal (Detrans) deverão disponibilizar o documento virtual.

Segundo o ministro das cidades, Alexandre Baldy, a alteração do prazo ocorreu porque as agências reguladoras de Aviação Civil (Anac) e de Transportes Terrestres (ANTT) enfrentaram dificuldades de implementar, junto às companhias de aviação, e de ônibus o reconhecimento da habilitação eletrônica.

“Os usuários do transporte rodoviário apresentavam seu documento digital, e não havia ali a implementação, pelas companhias de transporte de passageiros rodoviários – assim como também as do modal aéreo – de um sistema que poderia averiguar se aquela CNH digital era um documento verídico, porque não houve um diálogo por parte das agências reguladoras com o ministério”, afirmou Baldy, em entrevista à Agência Brasil.

Jonas Valente – Repórter da Agência Brasil

Compartilhe esta postagem

Datafolha: após condenação, Lula mantém entre 34% e 37% das intenções de voto


Após ter a condenação por corrupção e lavagem de dinheiro confirmada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva manteve os índices de intenção de voto na corrida presidencial que tinha em dezembro, segundo pesquisa do Instituto Datafolha divulgada na madrugada desta quarta-feira, 31, pela Folha de S.Paulo.

O petista lidera os cinco cenários em que é incluído, com entre 34% e 37% da preferência do eleitorado – mesma faixa do levantamento de dezembro. O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) vem em segundo lugar, com 15% a 18% das intenções de voto – no mês passado, o parlamentar tinha entre 17% e 18%.

A pesquisa foi feita na segunda-feira, 29, e na terça-feira, 30 – após, portanto, o julgamento no TRF-4, que ocorreu na quarta-feira, 24, e que pode tirar Lula da disputa por causa da Lei da Ficha Limpa.

Nos cinco cenários que incluem Lula, o terceiro lugar apresenta empate técnico. Na primeira simulação, Geraldo Alckmin (PSDB) e Ciro Gomes (PDT) têm 7% e Joaquim Barbosa (sem partido), 5%. No segundo cenário, Alckmin e Ciro mantêm os 7%, e Alvaro Dias (Podemos) tem 4%.

Na terceira simulação, Marina Silva (Rede) aparece com 8% e Luciano Huck (sem partido) tem 6% – mesmo porcentual de Alckmin e Ciro. Numa quarta hipótese, Marina tem 10%, Ciro, 7%, Dias, 4%, e João Doria (PSDB), 4%.

Um quinto cenário apresenta Marina com 7%, Alckmin e Ciro com 6%, Huck com 5%, Barbosa e Dias com 3% – neste caso, o presidente Michel Temer, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, ficam com 1% cada.

No segundo turno, Lula venceria Alckmin (49% a 30%) e Marina (47% a 32%) e Bolsonaro (49% a 32%).

Via: Estadão Conteúdo

Compartilhe esta postagem

Detran vai leiloar 262 lotes de veículos em fevereiro




O Governo do Estado por meio do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) vai leiloar na quinta-feira (08), 262 lotes de veículos que foram apreendidos nas ações de fiscalização do Órgão. Os lotes compreendem veículos que vão continuar em circulação e outros destinados exclusivamente à sucata. O leilão acontece a partir das 9h, no auditório da Escola de Governo, situado no Centro Administrativo, BR 101, no bairro de Lagoa Nova, em Natal.
No período de segunda-feira a quarta-feira (05 a 07/02) o Detran estará disponibilizando o acesso aos pátios onde se encontram os veículos que vão a leilão. Os interessados em arrematar algum dos 262 lotes podem visitar das 8h às 12h os pátios de veículos aprendidos pelo Detran localizados nas cidades de Mossoró e Pau dos Ferros, e das 8h às 14h o pátio situado no antigo galpão da Viação Guanabara, na Rua Bom Pastor, 1222, bairro das Quintas, em Natal. O total de 262 lotes está dividido nos pátios de Natal (211), Mossoró (38) e Pau dos Ferros (13). Há lotes com lance inicial de R$ 100,00.
Os interessados em participar do leilão podem se cadastrar bastando comparecer ao local do evento levando a documentação exigida, sendo pessoal física, deve apresentar RG, CPF e comprovante de residência, e sendo pessoa jurídica, o contrato social e CNPJ da empresa. A participação também pode ser feita de forma online, bastando que o interessado tenha seu cadastro validado com antecedência mínima de 48h antes de iniciar o leilão, devendo ainda obedecer às exigências cadastrais especificadas no endereço eletrônico: http://www.lancecertoleiloes.com.br/cadastro.
O candidato que for responsável pelo arremate de qualquer bem deve assinar um comprovante de arrematação contendo número, valor e descrição do lote, como também efetuar o pagamento de sinal correspondente a 20% do valor do lote adquirido e após a data do pregão, em até três dias úteis, concluir a compra quitando os 80% que restarão. O custo de cada lote arrematado deve ser acrescido de 5%, referente à comissão do leiloeiro, além de 0,90% de ICMS, se o veículo for de circulação, ou 18% se o lote for destinado à sucata.
Deverá o arrematante custear ainda licenciamento, IPVA, Seguro DPVAT, tudo que envolva a transferência de propriedade, mudança de município, referente ao exercício de 2018. Já a sucata, o arrematante tem somente a obrigação de pagar a baixa da sucata e baixa de gravame (caso haja), não pagando nenhuma outra taxa ao Detran. Nesse último caso, a arrematação dos veículos classificados como “Sucata” fica restrita as empresas de desmontagem registradas perante o órgão executivo de trânsito do Estado ou do Distrito Federal em que atuar, conforme o Artigo 3º da Lei Nº 12.977, de 20 de maio de 2014.
O diretor-geral do Detran, Eduardo Machado, explicou que os leilões contribuem para evitar a lotação dos pátios de veículos apreendidos pelo Detran em todo Estado. “Com essa iniciativa o Governo do Estado mantém controlado o fluxo de entrada e saída de veículos nos pátios do Órgão, evitando a superlotação e problemas de saúde pública com o acúmulo de água de chuva em automóveis sucateados”, comentou.
O valor arrecadado com os arremates deve ser utilizado para custeio com a realização do leilão, despesas de remoção e pátio, para pagar impostos atrasados e multas, e se houver saldo remanescente será repassado ao proprietário. O Edital com todas as informações do leilão, inclusive com a relação completa dos carros e motocicletas com imagem e as especificações de marca, placa, ano de fabricação e valor inicial do bem podem ser conferidas clicando no link: http://www.lancecertoleiloes.com.br/leilao/080218VE.
Compartilhe esta postagem

Globo compra direitos de transmissão dos seriados Chaves e Chapolin


A Globosat firmou parceria com a rede televisiva mexicana Televisa e o Grupo Chespirito, e comprou os direitos de exibição das séries Chaves e Chapolin, estreladas por Roberto Bolaños. Elas estão no ar há mais de 30 anos na SBT, onde não vão parar de ser exibidas. As informações são do site UOL.

Provavelmente elas começarão a ser exibidas ainda neste ano, mas só na TV por assinatura, no canal Multishow. Ainda de acordo com o site, a Globosat reuniu os fãs de Chaves em sua sede, no Rio de Janeiro, para apresentar a novidade. Como recepção, a empresa serviu até churros e refrescos de tamarindo, que são referências da série.

Considerado o maior fã clube dos seriados no Brasil, o Fórum Chaves publicou a informação em sua página no Facebook. Segundo o fórum, o pacote inclui todos os episódios transmitidos e dublados pelo SBT, além de capítulos inéditos no país.

Via: Robson Pires 
Compartilhe esta postagem

Manifestantes queimam pneus em protesto contra votação de pacote fiscal na Assembleia do RN


A terça-feira (30) amanheceu com o clima tenso na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, onde está prevista a votação de cinco projetos que fazem parte de um pacote fiscal enviado pelo governo do estado. O pacote foi apresentado como solução para a crise financeira que afeta as contas públicas. Contrários às medidas, servidores incendiaram pneus ao lado do Palácio Felipe Camarão, sede da Prefeitura de Natal.

O prédio da prefeitura fica na mesma rua da Assembleia, no entorno da Praça 7 de Setembro. A votação está prevista para o fim da manhã. Em sessões anteriores, manifestantes foram impedidos de entrar na AL e chegaram a se indispor com policiais militares. No estado, os servidores estão com o 13º salário e a folha de dezembro de parte do funcionalismo só deve ser depositada no dia 6 de fevereiro. O salário de janeiro não tem previsão de ser pago.

O Corpo de Bombeiros foi chamado e apagou o fogo. Já a Polícia Militar, usa o efetivo do Batalhão de Choque para cercar o prédio da Assembleia. Até a última atualização desta matéria não havia relatos de confronto entre manifestantes e policiais.

RN Urgente

Batizado de ‘RN Urgente’, o pacote fiscal é composto de 18 pontos, entres projetos de lei e propostas de emendas. Clique AQUI e entenda os projetos de recuperação financeira enviados pelo governo à Assembleia.

G1
Compartilhe esta postagem

Prazo para sacar bolsas e auxílios do FNDE é ampliado


As bolsas e auxílios financeiros pagos pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) a estudantes, como o ProJovem Campo e Escola da Terra, agora podem ser sacadas em até 120 dias. Caso o beneficiário retire apenas parte do dinheiro, o prazo passa a ser de 180 dias. Antes, cada um dos programas tinham regras próprias.

Para sacar os auxílios, os bolsistas recebem cartão-benefício emitido pelo Banco do Brasil. Durante o cadastramento, o beneficiário é informado sobre os locais onde é possível retirar o dinheiro. No caso de perda do cartão, é necessário ir até a agência e informar o número do benefício, do convênio, RG e CPF. Com esses documentos, é possível sacar as parcelas disponíveis.

Via: Danilo Evaristo 
Compartilhe esta postagem

Preço da gasolina nas bombas volta a subir na semana, segundo ANP


O preço médio da gasolina para o consumidor final subiu pela 13ª semana seguida, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (29) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

O valor médio por litro passou de R$ 4,183 para R$ 4,198, uma elevação de 0,35%. Na mesma semana, a Petrobras baixou o preço do combustível nas refinarias em 0,52%, seguindo sua política de preços de reajustes quase diários com o objetivo de acompanhar as cotações internacionais. O repasse ou não para o consumidor final depende dos postos.

Essa política foi adotada pela Petrobras em julho de 2017, mesmo mês em que o governo elevou os impostos sobre os combustíveis. Desde então, o preço médio da gasolina para o consumidor final calculado pela ANP já acumula alta de 19,6%.

Por Karina Trevizan, G1
Compartilhe esta postagem

Matrículas para aprovados na primeira chamada do Sisu começam hoje


Os aprovados na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) devem procurar, a partir de hoje (30), as instituições escolhidas para a efetivação da matrícula. O período de matrícula vai até 7 de fevereiro.

O Sisu é o sistema informatizado do MEC, utilizado por instituições públicas de educação superior na oferta de vagas a estudantes, com base nas notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

ProUni

Nessa segunda-feira (29), o Ministério da Educação abriu a consulta para vagas do Programa Universidade para Todos (ProUni). Neste ano, serão oferecidas 242.987 bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em 2.976 instituições privadas de educação superior. As inscrições começam em 6 de fevereiro.

Da Agência Brasil

Compartilhe esta postagem

JUCURUTU: Uma Luta antiga do Deputado Nelter Queiroz perto de se Tornar Realidade.



Em entrevista ao programa Jucurutu Notícias nesta segunda-feira (29), o deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) informou que na próxima quinta-feira (1º de fevereiro) membros do Ministério da Educação (MEC) e do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) estarão em Jucurutu para realizar visitas técnicas e vistorias em terrenos e prédios, visando à instalação de um Campus Avançado do IFRN no município que atenderá em torno de 600 alunos de Jucurutu e de municípios circunvizinhos.
A instalação de uma unidade do IFRN em Jucurutu é luta antiga do parlamentar iniciada em conjunto com o então prefeito George Queiroz – que administrou o município entre os anos de 2013 e 2016 – durante o governo da então presidente Dilma Rousseff (PT) e que agora, no governo do atual presidente Michel Temer (MDB), começa a tomar maiores dimensões, principalmente, devido à articulação do senador José Agripino Maia (DEM) junto ao titular do MEC, ministro Mendonça Filho (DEM).
Neste meio tempo, o deputado Nelter Queiroz em parceria com a presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Jucurutu, Paula Torres (PDT), participou de audiências na reitoria do IFRN em Outubro de 2017 e Janeiro deste ano; além de audiências com o senador José Agripino Maia, buscando a concretização deste importante pleito. Outra audiência de grande importância neste sentido, desta vez com o ministro Mendonça Filho, foi protagonizada por Nelter e pelo então prefeito George Queiroz em setembro de 2016, em Brasília/DF.
“Nesta segunda-feira recebi informações vindas do Ministério da Educação que na próxima quinta-feira os técnicos do MEC e do IFRN irão a Jucurutu averiguar terrenos que foram colocados à disposição para doação por dona Ana, avó do ex-secretário Pablo Cassiano, e por doutor Saint-Clair Torres, esposo da vereadora Paula Torrres. Além dos terrenos que estão à disposição para serem doados visando à construção do IFRN, os técnicos também analisarão se as estruturas físicas da Escola Estadual Newman de Queiroz (EENQ) e do Centro Educacional São Miguel [CESM] são aptas a receberem provisoriamente a estrutura do IFRN”, disse Queiroz
PASSO A PASSO
Após a realização destas vistorias aos terrenos e prédios nesta quinta-feira, os técnicos do Ministério da Educação e do IFRN emitirão parecer que, se favorável, acarretará a publicação de uma portaria no Diário Oficial da União (DOU) criando, no âmbito da lei, o Campus Avançado do IFRN em Jucurutu.
“Se esta etapa for concluída com sucesso, somaremos esforços junto ao senador José Agripino, ao ministro Mendonça Filho, ao deputado Felipe Maia [DEM] e a toda equipe técnica que forma o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte para tentar instalar provisoriamente o Campus Avançado do IFRN em Jucurutu ainda este ano, nestes prédios que foram colocados à disposição, porém este é um pleito que necessita de parecer técnico favorável”, salientou o parlamentar.
VISITA
Ainda na entrevista, Queiroz comunicou aos jucurutuenses que na próxima quinta-feira integrará a comitiva formada por membros do IFRN e do Ministério da Educação que fará as vistorias técnicas nos terrenos colocados à disposição por dona Ana e doutor Saint-Clair Torres, nos prédios da EENQ e CESM e em algum outro espaço que a Gestão Municipal possa disponibilizar. “Visitaremos a Câmara, a Prefeitura e convidaremos o prefeito Valdir Medeiros para se juntar a esta comitiva técnica tão importante que, se Deus quiser, trará grandes benefícios pra nossa Jucurutu”, disse Nelter, frisando que todo o desenvolvimento do município passa pela educação dos jovens.
O deputado jucurutuense também adiantou que a presidente do Poder Legislativo Municipal, Paula Torres, realizará audiência pública em meio a toda população buscando levantar a discussão sobre o perfil e os cursos que, possivelmente, serão oferecidos no IFRN. Por fim, Nelter Queiroz frisou que acompanhará atentamente as vistorias realizadas pelos técnicos do MEC e do IFRN, e que ficará na expectativa para que os pareceres saiam o mais rápido possível para que o IFRN de Jucurutu se viabilize o mais rápido possível.
ORÇAMENTO
Com uma área ocupando de 5 a 10 hectares, o projeto arquitetônico da estrutura física do Campus Avançado do IFRN Jucurutu, possivelmente, será orçado num valor aproximado a R$ 10 milhões.
Via Blog do VT

Compartilhe esta postagem

Com 33 homicídios, RN tem fim de semana mais violento do ano


Cerca de 33 homicídios foram registrados durante o fim de semana; média diária ultrapassa 2017.Em todo Rio Grande do Norte, 33 pessoas foram vítimas da violência durante este fim de semana, considerado o mais violento do ano. As informações são do Observatório da Violência (Obvio) e foram divulgadas na manhã desta segunda-feira (29).

Dentre os crimes contabilizados está a execução do sargento da Polícia Militar Itagibá Maciel de Medeiros, morto no início da manhã de hoje por volta das 4h. Ele foi o quarto PM vítima de homicídio este mês, segundo informações da Tribuna do Norte.

Via: Robson Pires 
Compartilhe esta postagem

Ninguém acerta e Mega-Sena acumula em R$ 30 milhões


A Caixa realizou na noite deste sábado (27) o concurso 2.008 da Mega-Sena. As dezenas sorteadas foram: 22 – 27 – 33 – 42 – 58 – 59.

Ninguém acertou os seis números, e o prêmio acumulou em R$ 30 milhões.

O sorteio aconteceu em Concórdia (SC). A estimativa de prêmio para este sábado era de R$ 24 milhões. O concurso 2.009 da Mega-Sena será na próxima quarta-feira (31)

A Quina teve 49 acertadores. Cada um vai ganhar R$ 51.384,62. Outras 4.215 pessoas acertaram na Quadra, e levarão R$ 853,36.

Via: G1 
Compartilhe esta postagem

Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia aprova abono para servidores


Relatado pela deputada Márcia Maia (PSDB), presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) os deputados aprovaram na reunião extraordinária desta segunda-feira (29) o Projeto de Lei 005/2018 que concede abono especial, de caráter indenizatório e transitório aos servidores públicos ativos e inativos e os ocupantes de cargos em comissão da administração estadual.

Outra matéria que constava na pauta para deliberação, encaminhada pela mensagem governamental 192, incluída também na convocação extraordinária da Assembleia Legislativa, cujo Projeto de Lei 007/2018 trata da extinção da Empresa Gestora de Ativos do Rio Grande do Norte (Engern) e da Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur) foi baixada em diligência pelo seu relator, deputado José Adécio (DEM), com um prazo de 48 horas para que o Governo do Estado encaminhe as informações solicitadas.

Via: Robson Pires 
Compartilhe esta postagem

Caern liga bomba no Rio Piranhas para reforçar abastecimento de Caicó pela Adutora Manoel Torres


Técnicos da CAERN estiveram nesta manhã de segunda-feira (29) fazendo os últimos ajustes no sistema de captação, no Rio Piranhas em Jardim de Piranhas. O aumento do nível do Rio, com as últimas chuvas registradas, apesar de ainda ser pequeno, possibilitará com que a CAERN acione uma das três bombas, para ajudar no abastecimento de Caicó através da adutora Manoel Torres.

Em visita a captação, o segundo secretário do Comitê da Bacia Hidrográfica do Piancó-Piranhas-Açu, José Procópio de Lucena ouviu de Wellington Queiroga, engenheiro da Caern, que se o nível continuar aumentando, mais bombas serão ligadas para aumentar a vazão d’agua distribuída pela adutora.

Via: Xerife 
Compartilhe esta postagem

Reuniões vão discutir agrovilas na barragem de Oiticicas

Reuniões vão discutir agrovilas na barragem de Oiticicas

oiticicaDando continuidade às atividades das sessões públicas do acordo extrajudicial entre governo do governo do estado, União e o movimento dos atingidos pela construção do Complexo Barragem de Oiticica, acontecerão três reuniões, todas a partir das 9h, nas sedes dos sindicatos dos trabalhadores rurais de Jardim de Piranhas (29/01), São Fernando (30/01) e Jucurutu (31/01).
O objetivo destas reuniões é socializar informações, definindo consensualmente o perfil e nomes dos futuros membros das agrovilas em cada um dos três municípios (Jucurutu, Jardim de Piranhas e São Fernando), a partir do cadastramento feito pela KL Engenharia e critérios estabelecidos entre os governos, movimentos dos atingidos, Fetarn, Sindicatos, Seapac e famílias pretendentes.
Cabe informar que dentro do acordo extrajudicial está negociado consensualmente o compromisso da implantação do reassentamento rural com a criação de três agrovilas nos municípios para atender à população de trabalhadores rurais sem terra (subordinados, parceiros, arrendatários e comodatários autônomos, com cultura efetiva e morada habitual), em torno de 114 famílias, que manifestarem interesse em permanecer na zona rural.
Via Blog do Seridó
Compartilhe esta postagem

Lista dos aprovados do Sisu 2018 é divulgada pelo MEC



O resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foi divulgado nesta segunda-feira (29) pelo Ministério da Educação (MEC). A lista pode ser consultada pelo site. No total, são disponibilizadas 239.716 vagas em 130 instituições de ensino.
O resultado também pode ser consultado nas páginas das faculdades e na central de atendimento do Ministério da Educação (0800-616161).
Os candidatos selecionados devem verificar diretamente com a instituição de ensino em que foram aprovados: onde, quando e quais documentos são necessários. O prazo para efetivação da matrícula vai do dia 30 de janeiro ao 7 de fevereiro.
Compartilhe esta postagem

Fundo público eleitoral dá mais dinheiro a 21 partidos

Fundo público eleitoral dá mais dinheiro a 21 partidos


A criação de um fundo eleitoral bilionário com dinheiro público para bancar campanhas vai possibilitar que as direções partidárias de 21 das 32 legendas que participaram da eleição de 2014 tenham mais dinheiro no caixa de seus diretórios este ano na comparação com o que tiveram na época, quando a doação de empresas ainda era permitida. A lista é composta por partidos médios e pequenos. Entre eles, o PRB receberá a maior diferença: R$ 56,8 milhões a mais em 2018, seguido por PDT (R$ 53,9 milhões a mais) e PR (R$ 36,2 milhões).

Já os partidos maiores, como PT, MDB e PSDB, mesmo ficando com a mais significativa fatia do bolo do fundo eleitoral, levarão desvantagem em relação ao que receberam em 2014 – a eleição mais cara da história, segundo dados da ONG Transparência Brasil (cerca de R$ 5 bilhões em valores da época).
Os números reforçam a análise de que a reforma política aprovada no ano passado favoreceu as cúpulas partidárias, que terão ainda mais poder sobre as candidaturas.Isso porque, pelas regras, num cenário geral de menos recursos para as campanhas, caberá à comissão executiva de cada partido definir como será a divisão interna do fundo eleitoral entre seus candidatos.
O levantamento feito pelo Estado, com base nos registros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), compara apenas as doações feitas em 2014 aos partidos com o fundo eleitoral, sem computar recursos enviados diretamente para os candidatos. Os valores foram corrigidos pela inflação do período. Quando somadas todas as doações eleitorais, inclusive as que foram diretamente aos candidatos, o número de partidos que terão mais recursos neste ano cai para cinco: PRB, Podemos (ex-PTN), PSOL, PCB e PCO.
Embora admita que as grandes legendas ainda continuam com uma vasta vantagem em relação às demais, o diretor executivo da Transparência Brasil, Manoel Galdino, diz que o financiamento público eleitoral deverá reduzir o “abismo” que sempre existiu em relação aos valores disponíveis para as campanhas.
“Proporcionalmente, esses partidos menores serão beneficiados, porque antes recebiam poucos recursos de empresas, era mais de outros partidos. Com a proibição de doação de empresas, eles não perderam, pois, além do que vão receber do fundo eleitoral, continuam podendo vender seu tempo de TV, sua aliança, em troca de mais dinheiro”, afirma o diretor da Transparência.
O financiamento empresarial de campanhas foi considerado inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal em 2015. Como alternativa para bancar candidaturas, parlamentares aprovaram no ano passado a criação do fundo eleitoral, que terá R$ 1,71 bilhão e será abastecido com recursos do Orçamento. A exemplo do que ocorreu nas eleições municipais de 2016, a doação de pessoa física também será permitida neste ano.
Restrições. Dos que vão receber mais do fundo do que o total arrecadado em 2014, PSOL, PCB e PCO tinham restrições a doações empresariais. O PSOL, que mais arrecadou entre os três, teve R$ 12,7 milhões ao todo e, neste ano, terá R$ 21 milhões para distribuir entre candidatos. PCB e PCO terão a fatia mínima do bolo do fundo: R$ 980,7 mil.
“Não há dúvida de que os valores em si vão trazer uma pequena correção desse grande desequilíbrio que foram as últimas eleições no Brasil. Se você não quisesse pegar dinheiro de grandes empresários, como é o caso do PSOL, você tinha uma capacidade de competição muito reduzida”, diz o presidente nacional da sigla, Juliano Medeiros.
Apesar de reconhecer que o partido terá melhores condições na disputa deste ano, Medeiros afirma que a legenda mantém a posição contrária ao fundo. “O PSOL nunca teve essa quantidade de recursos, vai ser inédito para a gente. Mas não estamos comemorando, continuamos sendo críticos (ao fundo público eleitoral).”
Já o Podemos, que em 2014 ainda se chamava PTN, terá cerca de R$ 6 milhões a mais, com R$ 36,1 milhões reservados para as campanhas. O partido passou por uma repaginação no ano passado e aumentou sua bancada tanto na Câmara dos Deputados – passou de quatro para 14 parlamentares –, quanto no Senado – não tinha nenhum representante na Casa e agora tem três.
Esse reforço nas bancadas, segundo a presidente do partido, a deputada federal Renata Abreu (SP), justifica os recursos a mais. “Se pensar em gasto proporcional, temos uma economia, não um incremento. Não dá para comparar o PTN de 2014 com o Podemos de 2018.”
ESTADÃO CONTEÚDO
Compartilhe esta postagem

ELEIÇÕES 2018: Anúncios pagos em redes sociais ampliam recursos para candidatos

ELEIÇÕES 2018: Anúncios pagos em redes sociais ampliam recursos para candidatos

POR FOLHAPRESS
Campanha nas redesComo o Facebook se prepara para receber anúncios eleitorais
Os políticos terão uma nova arma à disposição na campanha de 2018. Além da propaganda de rádio e TV –uma bala de canhão, com potência para atingir um número amplo de telespectadores–, eles poderão dar tiros mais certeiros em seus eleitores.

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) autorizou a propaganda eleitoral na internet, o que inclui pagar para exibir anúncios eleitorais ou impulsionar publicações em plataformas como o Facebook, Instagram, YouTube e o Twitter.
O tribunal também permite que campanhas usem sites, e-mails, blogs e aplicativos de mensagem instantânea, a partir de 16 de agosto.
Somente candidatos, partidos e coligações poderão panfletar nas redes, fornecendo dados sobre sua identidade eletrônica à Justiça Eleitoral. Estão proibidos de impulsionar conteúdo eleitoral nas redes perfis falsos, páginas ligadas a empresas e a entidades da administração pública.
O TSE tem até 5 de março para publicar a versão definitiva das regras. Empresas de tecnologia consultadas pela Folha, como Google, Facebook (que também responde pelo Instagram) e Twitter dizem que vão respeitar as novas normas.
NOVO CAPÍTULO
Por ora, cientistas políticos e marqueteiros apostam que o impulsionamento de propaganda na internet inaugurará um novo capítulo no modo de fazer uma campanha no Brasil.
As redes podem ser fundamentais para postulantes ao Legislativo, que costumam ter menos exposição midiática.
“Um candidato nas disputas proporcionais [Câmara e Assembleias] com recursos para interagir e cultivar uma base potencial –digamos, uma grande corporação como a polícia– terá grande vantagem usando as redes”, diz o cientista político Antonio Lavareda, especialista em comportamento eleitoral.
Nesse sentido, a possibilidade de impulsionar sua campanha nas redes pode favorecer candidatos com recursos próprios, que consigam colocar dinheiro nas campanhas ou angariar doações privadas. As novas regras de financiamento eleitoral proíbem doações de empresas e preveem o uso do fundo partidário.
“Um candidato com mais poder financeiro vai ter mais visibilidade. É um ecossistema [nas redes sociais] que envolve mais planejamento, como buscar quais são os assuntos mais relevantes. É preciso pensar numa gestão de campanha digital, não adianta colocar o ‘play’ [num anúncio] e achar que está tudo certo”, diz Arnaldo Jardim, diretor de planejamento digital da Benjamin, que tem campanhas como a de João Doria (PSDB) em 2016 no portfólio.
O valor da compra de visibilidade nas redes depende da complexidade dos filtros, e pode custar tanto quanto algumas fornadas de santinhos numa gráfica ou ultrapassar o valor de 30 segundos no intervalo da novela das 21h, na casa dos R$ 800 mil.
Agência consultada diz que o orçamento para atingir um público de cerca de 45 milhões do Facebook é na ordem de R$ 12 milhões. Com 120 milhões de usuários no Brasil, a rede é a mais importante no país. A Folha apurou que a empresa quer aplicar recursos que tem testado nas eleições municipais no Canadá deste ano para o resto do mundo. Os perfis contêm uma seção em que é possível ver todos os anúncios que o usuário contratou.
ROBÔS
A formalização de campanhas na internet pode trazer também como consequência a diminuição do uso de robôs e de perfis falsos para amplificar informações nas redes, aposta Fábio Malini, professor da Universidade Federal do Espírito Santo e pesquisador de redes sociais e comunicação política.
O que não impede que perfis falsos impulsionem publicações de conotação política, mas não necessariamente eleitoral –como aconteceu na eleição americana de 2016.
A influência russa na vitória de Donald Trump passou pelo uso de perfis falsos.
Desde então, o Facebook tem feito “mea culpa” e alterado suas políticas –a mais recente, omite notícias na linha do tempo em favor de postagens pessoais.
“Estamos comprometidos em aumentar a transparência dos anúncios políticos em todo o mundo, e recentemente anunciamos medidas concretas para dar ainda mais informação às pessoas sobre os anúncios que elas veem. Também estamos cooperando com autoridades eleitorais sobre temas relacionados à segurança on-line. Esperamos tomar medidas também no Brasil antes das eleições de 2018”, afirma o Facebook.
Compartilhe esta postagem

Sargento da reserva da PM é morto a tiros na Grande Natal

Sargento da reserva da PM é morto a tiros na Grande Natal

Mais um policial militar foi assassinado no Rio Grande do Norte neste ano. Trata-se do sargento da reserva Itagibá Maciel de Medeiros, morto a tiros em uma emboscada na madrugada desta segunda-feira (29) na cidade Extremoz, na Grande Natal.
Segundo a Polícia Militar, o crime aconteceu por volta das 4h. Informações dão conta que pelo menos seis homens participaram da ação criminosa. Itagibá é o quarto PM morto em menos de um mês no RN. Antes foram vítimas mais dois sargentos, no município de São Gonçalo do Amarante, e ainda um cabo, no bairro das Rocas, na Zona Leste de Natal.
Via BG
Compartilhe esta postagem

Sistema de alerta de desastres naturais vai chegar ao país todo até mês de abril



Foto: Nelson Antoine – 23.set.13/Fotoarena
Brasileiros de qualquer parte do país poderão receber, via celular, alertas sobre ameaças de desastres naturais previstos para a região onde moram e, assim, tomar medidas preventivas.
O serviço gratuito, coordenado pelo Ministério da Integração Nacional e em teste há quase um ano, já está disponível em nove Estados e deve chegar ao restante do país até o mês de abril.
O Serviço de Alertas por SMS orienta a população quanto aos procedimentos a serem adotados diante do risco de inundações, deslizamentos de terra ou secas, por exemplo. A ação acontece em parceria com a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) e com as operadoras de telefonia móvel.
“Todos nós estamos submetidos a riscos de desastres naturais, mas com esse serviço inédito qualquer cidadão poderá se antecipar e evitar ser vítima de uma tragédia”, afirma Élcio Barbosa, diretor do Centro de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) –órgão vinculado ao Ministério da Integração.
As mensagens são geradas pelas Defesas Civis dos Estados, que dispõem do mapeamento das áreas de riscos de onde estão sediadas, sempre que algum evento meteorológico se aproxima.
O texto de até 160 caracteres é enviado ao Cenad e, de lá, é transmitido para os celulares por meio das operadoras.”O sistema é praticamente todo feito dentro de uma plataforma eletrônica. Existe apenas um filtro, que é realizado por pessoas, para evitar que conteúdos que não sejam alertas de desastres passem pelo sistema”, afirma Barbosa.
Segundo o diretor, a plataforma, que custou cerca de R$ 70 mil, foi o único gasto para os cofres da União. Coube às empresas de telefonia móvel, que têm adesão voluntária, arcar com o custo de implantação do serviço –conforme previsto na Lei 12.983 de 2014 e ratificado por meio da Resolução 656 da Anatel no ano seguinte.
No último dia 13, moradores do Havaí receberam uma mensagem de alerta falso do serviço de emergência do arquipélago avisando que a região estava sob um ataque de mísseis e pedindo que a população procurasse abrigo. O aviso causou tumulto na região e dúvidas de internautas nas redes sociais.
O governador do Havaí, David Ige, pediu desculpas e classificou o caso como “infeliz e lamentável”. O órgão que cuida das gestões de emergência afirmou que a mensagem foi enviada devido a um erro humano durante uma troca de turno.
CADASTRO
Moradores dos Estados que já contam com o sistema devem receber no celular a mensagem: “Defesa Civil Nacional informa: novo serviço de envio de SMS gratuito com alertas de área de riscos. Para se cadastrar basta responder com os oito números do CEP de interesse com ou sem hífen ou ponto”. Não é preciso ter créditos nem internet.
Se o usuário, por algum motivo, não receber esse comunicado, ele poderá enviar um SMS para 40199 com os CEPs de interesse. Em ambos os casos, o usuário receberá um informe indicando se o cadastro foi realizado.
Eduardo Macedo, geólogo do Instituto de Pesquisa Tecnológicas do Estado de SP (IPT), acha o novo serviço “excelente”, mas ressalta que será comum acontecer alertas incorretos porque o foco é o macro, a região, e não o micro, a rua.
“Por outro lado, as prefeituras precisarão melhorar suas estruturas para atender esse cidadão que recebe a informação importante, mas muitas vezes não sabe a quem recorrer”, diz o pesquisador.
Os alertas foram testados durante seis meses no ano passado em 25 cidades de Santa Catarina e do Paraná, atendendo a mais de 500 mil usuários de telefonia móvel. Em algumas ocorrências, a mensagem chegou três horas antes da intempérie, dando tempo para a população se preparar.
“Foi o caso de Lajes (SC), que conseguimos avisar sobre uma chuva de granizo e as pessoas conseguiram evitar maiores danos materiais e acidentes”, diz Barbosa.
Atualmente 1,8 milhão de pessoas estão cadastradas nos nove Estados contemplados, ou seja, apenas 1,5% do total de habitantes, segundo dados de estimativa populacional do IBGE divulgados no ano passado.
“No geral, ainda não temos a cultura de percepção de riscos, por isso, precisamos investir mais na divulgação do serviço para que mais pessoas conheçam e possam aderir”, afirma o diretor.
Para fazer os alertas chegarem a um maior número de brasileiros, o grupo formado pelo Cenad, pela Anatel e pelas operadoras estuda ampliar o serviço para as televisões por assinatura. Nesse caso, a notificações enviadas pela Defesa Civil Estadual apareceriam como “pop-up” (janela instantânea) sobrepostas à programação que estiver sendo assistida.
O texto será o conteúdo gerado pelos órgãos de defesa civil, alertando sobre a possibilidade de desastres e orientando a população.
Folha de São Paulo
Compartilhe esta postagem

Ex-jogador do São Paulo e seleção brasileira é esfaqueado em assalto na Paraíba



Warley jogou pela seleção brasileira na Copa das Confederações de 1999. Foto: Robert Cianflone/ALLSPORT
O ex-jogador Warley, com passagens por São Paulo, Palmeiras, São Caetano, Grêmio e seleção brasileira, atual gerente de futebol do Botafogo-PB, foi esfaqueado durante uma tentativa de assalto no bairro Manaíra, em João Pessoa, na madrugada desta sexta-feira (25).
De acordo com informações confirmadas pelo clube paraibano, o executivo — que encerrou a carreira como jogador no próprio time, no ano passado — foi levado para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena e imediatamente encaminhado para o centro cirúrgico. Warley passou por duas drenagens, a última no pulmão esquerdo, segundo o hospital,
Uma das hipóteses para o ataque é que Warleiy teria se assustado com a abordagem e atingido por dois golpes nas costas durante a confusão que teria se formado.
Os criminosos fugiram com o celular da vítima, mas sem levar o carro, objeto que motivou o assalto.
Em nota no site, o Botafogo-PB classificou o episódio como lastimável e reforçou que todos os atletas, funcionários e dirigentes desejam sorte ao gerente de futebol.
Natural de Sobradinho-DF, Warley iniciou a carreira no Atlético Paranaense e chegou ao São Paulo, em 1999. As boas atuações o levaram para a seleção brasileira e para o futebol italiano — o atacante foi negociado com a Udinese-ITA.
De volta ao Brasil, Warley ainda teve boas passagens por Grêmio, São Caetano e Palmeiras. Nos últimos anos de carreira, o atacante passou pelos principais clubes do futebol paraibano, até pendurar as chuteiras, no fim de 2017.
R7
Compartilhe esta postagem

Mulher morre vítima de bala perdida após confronto entre PM e assaltantes em Natal


Uma mulher morreu durante um tiroteio após uma tentativa de assalto na Zona Norte de Natal, na noite desta quinta-feira (25). Um homem suspeito do crime foi preso pela polícia e encaminhado à delegacia.

De acordo com a Polícia Militar, um grupo de pelo menos seis criminosos abordou a gerente de uma lotérica que fica dentro do supermercado Favorito do bairro Nossa Senhora da Apresentação, quando ela saía do estabelecimento. Os homens queriam um malote de dinheiro e tentaram assaltar a gerente no momento em que ela seguia para o estacionamento.


Quando eles abordavam a vítima, um carro da PM passou pelo local em um patrulhamento de rotina. Um dos policiais que estava na ocorrência disse que os assaltantes atiraram contra a viatura e os PMs revidaram. Paredes de casas e até um veículo estacionado ficaram com marcas dos disparos. No meio do tiroteio, uma mulher que passava pela rua foi atingida por uma bala e morreu. Os suspeitos fugiram por uma rua próxima ao estabelecimento, contudo a polícia conseguiu prender um deles, que se escondeu em uma vila na região.

O Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) foi acionado e se dirigiu ao local para recolher o corpo da vítima. Também será o Itep o órgão responsável por atestar se o tiro que atingiu a mulher partiu de uma arma da polícia ou dos criminosos.

Via: Jair Sampaio 
Compartilhe esta postagem

PM apreende dinamite na divisa da Paraíba com o RN


Por volta de meia-noite desta sexta-feira (26), policiais militares da Companhia de Uiraúna realizavam a Operação Cidade Segura quando passaram nas proximidades do Sitio Varrelo, próximo a fronteira PB/RN, e desconfiaram de dois veículos estacionados nos fundos de uma residência, diante da situação solicitaram apoio dos Destacamentos locais para procederem a uma averiguação.

As guarnições se aproximaram do local quando um indivíduo percebeu a aproximação policial e saiu correndo na direção de um matagal, os militares avançaram e perceberam uma parte do armamento no interior dos veículos, em seguida foi feito uma varredura na residência onde foi encontrado o restante das armas e o restante do material ilícito.

Via: Robson Pires 
Compartilhe esta postagem

Inscrições para o Sisu terminam nesta sexta-feira


Terminam nesta sexta-feira (26), às 23h59, as inscrições para a edição do primeiro semestre do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2018. Até agora, 1.812.401 candidatos se inscreveram para a seleção, em busca de uma vaga no ensino superior. O candidato pode se inscrever em até duas vagas entre as ofertadas, indicando a ordem de preferência.

Como muitos já marcaram as diferentes opções, o total de inscrições chegou a 3.510.592 às 18h desta quinta-feira (25), informou o Ministério da Educação (MEC).

É possível trocar de opção durante todo o período de inscrição, pois apenas a última alteração será validada. De acordo com a pasta, os 10 cursos mais procurados até agora foram: medicina, com 219.300 inscrições; direito, 201.539; administração, 185.813; pedagogia, 159.205; enfermagem, 120.999; educação física, 120.524; psicologia, 94.203; ciências biológicas, 87.806; ciências contábeis, 79.532 e veterinária, com 71.679.

O Sisu é usado por instituições públicas de educação superior na oferta de vagas a estudantes, com base nas notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). No total, são 239.601 vagas oferecidas em 130 instituições, entre universidades federais, institutos federais de educação, ciência e tecnologia e instituições estaduais. O processo de inscrição é feito exclusivamente pelo site do Sisu.

Podem se candidatar estudantes que participaram do Enem 2017 e obtiveram nota na redação diferente de zero. Não é necessário pagar taxas.

Helena Martins – Repórter da Agência Brasil
Compartilhe esta postagem