Robinson e Fábio Faria desprezaram a bancada potiguar


Uma fonte de Coturno Alto  contra ao blogue do Xerife que o Governador Robinson Faria e o seu filho, deputado Fábio Faria, jamais solicitaram ajuda política da bancada federal, com a finalidade de sanar os problemas financeiros do Estado, junto ao Governo Michel Temer.

Os Farias atuaram isolados, para obter a ajuda financeira de R$ 600 milhões do Governo Federal, com a única intenção de demonstrar a população potiguar, que não haveria a necessidade de pedir o apoio político dos Senadores e Deputados para sanar a situação dos vencimentos dos servidores públicos.

Os encontros de Robinson e Fábio Faria, com o presidente Michel Temer, foram patrocinados pelo ministro Gilberto Kassab e, muito provavelmente, pelo empresário Silvio Santos, proprietário do SBT.

A mesma fonte acrescenta que:

Quem desprezou o apoio político da bancada federal do Rio Grande do Norte, foi o Governador Robinson Faria  e o Deputado Federal Fábio Faria, com a intenção de usar o fato politicamente, contra os seus adversários nas eleições de 2018, aparecendo, como os “salvadores da pátria”, junto aos servidores estaduais e a sociedade potiguar.

Durante todo o período do pedido do socorro financeiro do Governo do Estado ao Planalto, Robinson e Fábio Faria, jamais pediram o apoio dos Senadores e dos Deputados Federais, como também, nunca foram convidados para participarem de qualquer encontro, com o Presidente Temer.  Sempre agiram a sós.

Via: Robson Pires 

Share this

Related Posts

Compartilhe esta postagem