Protesto no DETRAN contra atraso salarial do Governo do Estado termina com grevistas detidos



Os sindicalistas Rosália Fernandes e João Assunção, que acompanhavam servidores da UERN e da Saúde, foram detidos pela Polícia Militar na manhã desta segunda-feira (27), quando participavam de um protesto em frente ao DETRAN-RN, juntamente com os servidores do órgão que também estão em greve.
O protesto ocorreu na entrada do DETRAN. A PM determinou a desocupação do local da entrada, para não impedir o acesso de usuários, o que não teria ocorrido.
Segundo Rosália Fernandes declarou ao blog, a alegação da polícia na delegacia está sendo por “desobediência e resistência”. Eles vão prestar depoimento. “Não houve diálogo”, afirma Rosália.
Por Heitor Gregório

Share this

Related Posts

Compartilhe esta postagem