MESMO PRESO, HENRIQUE ALVES CHEFIAVA ESQUEMA CRIMINOSO, DIZ PF



Após a deflagração de operação na manhã desta quinta-feira (26), visando pessoas ligadas ao ex-ministro Henrique Eduardo Alves (PMDB), a Polícia Federal afirmou que, apesar de estar preso desde o dia 6 de junho, Alves comandava um esquema de ocultação de bens e fraude de licitações, usando assessores e pessoas ligadas a ele; investigadores afirmaram que um grupo de pessoas ligadas ao ex-ministro continuava realizando fraudes em licitações de prefeituras do interior do Rio Grande do Norte; contratos envolviam recursos de convênios com o Governo Federal; somadas, as obras custariam cerca de R$ 5,5 milhões, porém os investigadores ainda não identificaram qual seria o percentual da propina dividida entre os beneficiários e o próprio ex-ministro

Via Chico Gregário 

Share this

Related Posts

Compartilhe esta postagem