Equipes de Jucurutu participam dos Jogos da Juventude Escolar – JUVERNS – Etapa Regional em Caicó

Equipes de Jucurutu participam dos Jogos da Juventude Escolar – JUVERNS – Etapa Regional em Caicó

Através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, a Prefeitura de Jucurutu apoia a participação de alunos nos Jogos da Juventude Escolar do Rio Grande do Norte – Juverns 2019 que acontece na cidade de Caicó.

Os professores Ivo Gomes e Marcos Camilo estão acompanhando os jovens atletas jucurutuenses nesta edição.

Confira os resultados:
Futsal Sub 17 do Wagner Lopes – Juverns Etapa Regional em Caicó. Vitória 9 x 1
Futsal Sub 14 do Wágner Lopes – Juverns Etapa Regional em Caicó. Inicia com vitória: 5 x 3.
EEAB SUB 14 ganhou de 4 x 3 e o Sub 17, perdeu de 3 x 2. Newman Queiroz sub 17, venceu por W x O.

Compartilhe esta postagem

Gestão Valdir Medeiros Segue Reparando e Reformando as Escolas do Município

Gestão Valdir Medeiros Segue Reparando e Reformando as Escolas do Município

A Prefeitura de Jucurutu através da Secretaria de Educação e Cultura realizou serviços de pintura e reparo na Escola Municipal Santo Alexandre no Bairro Freitas. A ação visa à revitalização do espaço com a pintura interna e externa do prédio, deixando o ambiente mais harmonioso e limpo para receber os estudantes. 

Além do Santo Alexandre, Outras Escolas na Zona Rural e na Cidade já receberam reparos e reformas da Gestão do Prefeito Valdir Medeiros 

Compartilhe esta postagem

Após acordo, comissão do Congresso aprova crédito extra de R$ 248,9 bilhões ao governo

Após acordo, comissão do Congresso aprova crédito extra de R$ 248,9 bilhões ao governo
Após acordo entre os partidos, a Comissão Mista de Orçamento (CMO) do Congresso Nacional aprovou nesta terça-feira (11) um projeto de lei que autoriza um crédito extra de R$ 248,9 bilhões ao Executivo federal, a ser obtido com a emissão de títulos do Tesouro Nacional.
Pelo projeto, o governo Jair Bolsonaro poderá contrair dívidas para pagar despesas correntes, como salários e benefícios sociais, sem descumprir a chamada “regra de ouro”.
Esse mecanismo constitucional veda o Executivo de se endividar com a emissão de títulos para custear contas do dia a dia. A única exceção é se houver a autorização do Congresso Nacional. Caso contrário, o presidente da República pode ser enquadrado no crime de responsabilidade fiscal, que pode embasar um pedido de impeachment.
A votação na comissão só foi viabilizada depois de o governo ceder a algumas demandas de diferentes partidos, incluindo de oposição, que, em contrapartida, concordaram em não obstruir os trabalhos do colegiado.
Foram cerca de duas horas de negociação a portas fechadas em uma sala ao lado do plenário da comissão.
Nesse meio tempo, o relator do projeto de lei, Hildo Rocha (MDB-MA), e a líder do governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), chegaram a deixar o local para se reunirem com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, no Palácio do Planalto para apresentar os pleitos dos parlamentares.
Segundo Hasselmann, o governo se comprometeu a:
liberar para a educação R$ 1 bilhão dos recursos que hoje estão contingenciados;
destinar R$ 1 bilhão para o programa habitacional Minha Casa, Minha Vida;
enviar R$ 550 milhões para as obras de transposição do Rio São Francisco;
liberar 330 milhões para bolsas de estudo do CNPQ.
A aprovação do parecer de Hildo Rocha, porém, não foi unânime. PT e PCdoB manifestaram apoio a um voto em separado apresentado pelo senador Angelo Coronel (PSD-BA), que propunha a autorização de um valor menor do que o governo havia pedido: R$ 146,7 bilhões, em vez dos R$ 248,9 bilhões.
Agora, a expectativa é de que o projeto de lei seja analisado ainda na tarde desta terça em uma sessão conjunta do Congresso Nacional.
Antes, porém, os parlamentares precisarão terminar de analisar no plenário os vetos presidenciais que trancam a pauta do plenário para só então votarem o projeto de crédito.
No sábado (8), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que terá de suspender, a partir do dia 25 de junho, o pagamento de benefícios a idosos e pessoas com deficiência caso o Congresso não aprove o projeto que libera crédito extra.
Bolsonaro fez a afirmação em uma rede social e acrescentou que, se a proposta não for aprovada pelos parlamentares, outros programas podem ficar sem recursos nos próximos meses.
Ele citou o Bolsa Família, o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e o Plano Safra. “Acredito na costumeira responsabilidade e patriotismo dos deputados e senadores na aprovação urgente da matéria”, afirmou Bolsonaro.
G1

Compartilhe esta postagem

Ministro Luiz Roberto Barroso, do STF, critica ‘euforia’ de ‘corruptos’ com vazamento de conversas entre Moro e Dallagnol

Ministro Luiz Roberto Barroso, do STF, critica ‘euforia’ de ‘corruptos’ com vazamento de conversas entre Moro e Dallagnol
Foto: Sérgio Lima/PODER 360

O ministro Luiz Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), criticou a “euforia que tomou os corruptos e seus parceiros” com a publicação pelo site The Intercept de reportagens produzidas com com base no vazamento de trocas de mensagens – extraídas de um aplicativo – entre o ex-juiz federal Sérgio Moro e o coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato no Paraná, Deltan Dallagnol.
Ele fez a afirmação em entrevista ao programa Em Foco com Andréia Sadi, da Globo News.
Para Barroso, “não há nada a celebrar”. “A corrupção existiu e precisa continuar a ser enfrentada, como vinha sendo. De modo que tenho dificuldade em entender a euforia que tomou os corruptos e seus parceiros”, declarou.
Segundo as reportagens do The Intercept, quando era juiz federal e julgava os processos da Lava Jato no Paraná, Moro, atual ministro da Justiça do governo, orientou ações dos procuradores da República que atuavam na força-tarefa e cobrou de Dallagnol novas operações.
“A corrupção existiu, eu até tenho dificuldade de entender um pouco essa euforia que há em torno disso se houve algo pontualmente errado aqui ou ali”, afirmou Barroso. “Porque todo mundo sabe, no caso da Lava Jato, que as diretorias da Petrobras foram loteadas entre partidos com metas percentuais de desvios. Fato demonstrado, tem confissão, devolução de dinheiro, balanço da Petrobras, tem acordo que a Petrobras teve que fazer nos EUA”, disse.
O ministro ainda acrescentou: “ “A única coisa que se sabe ao certo, até agora, é que as conversas foram obtidas mediante ação criminosa. E é preciso ter cuidado para que o crime não compense”.
Para Barroso, os fatos ainda estão sendo apurados e, somente ao final, um juiz pode se manifestar.
“Sou juiz. Os fatos estão sendo apurados. Juiz fala ao final da apuração – e se tiver que falar, nos autos, de preferência. E não é hora de formar juízos sobre isso, ainda. Na vida, o que é certo é certo, o que é errado é errado. Formamos juízo depois da apuração”, declarou.
Blog Andréia Sadi – G1
Compartilhe esta postagem

Hermano Morais descreve participação durante evento em defesa do Fundeb

Hermano Morais descreve participação durante evento em defesa do Fundeb
Crédito da Foto: João Gilberto
Em seu pronunciamento na manhã desta terça-feira (11), durante Sessão Ordinária na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Hermano Morais (MDB) falou sobre a sua participação no I Encontro Nacional dos Presidentes e Vice-presidentes das Comissões de Educação das Assembleias Legislativas, realizado na última sexta-feira (7), em Florianópolis/SC.
De acordo com Hermano, que também é presidente da Comissão de Educação, Ciências e Tecnologia, Desenvolvimento Econômico e Social, da Assembleia Legislativa, o objetivo do evento foi unir os parlamentares, educadores e pessoas interessadas na luta em defesa da educação brasileira e criar a Carta de Florianópolis.
“O documento defende principalmente a aprovação da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que torna o Fundeb uma política permanente de financiamento da educação básica e a retomada da implementação do Plano Nacional da Educação (PNE)”, explicou o parlamentar.

Hermano explicou que o evento foi plural e apartidário e reuniu 44 lideranças políticas de 15 partidos diferentes de 23 estados brasileiros. De acordo com o parlamentar, na carta, há um consenso com a preocupação em manter permanente o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e aumentar a contribuição da União para viabilizar o cumprimento das metas previstas no PNE.

“O documento será encaminhado ao Ministério da Educação (MEC), governadores, senadores, deputados federais e estaduais, tribunais de contas, ministérios públicos estaduais e outras entidades preocupadas com o setor. Conta a história que somente pela educação conseguiremos dar novos rumos para o nosso país”, comentou.
Compartilhe esta postagem

Lei aprovada na Assembleia é elogiada por especialista na Folha de São Paulo

Lei aprovada na Assembleia é elogiada por especialista na Folha de São Paulo
Crédito da Foto: João Gilberto

“RN está liderando assinaturas digitais: Estado criou lei sobre assinaturas digitais de fazer inveja a qualquer país”, destacou a Folha de São Paulo no título do artigo do advogado Ronaldo Lemos, diretor do Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro. A lei 10.513 de 2019 é de autoria do deputado Kelps Lima (SDD) e foi aprovada por unanimidade no plenário da Casa.

“Fico muito feliz de ter sido autor desta lei, mas o mérito é de toda a Assembleia Legislativa, que aprovou uma matéria que irá revolucionar o relacionamento entre a sociedade e o Poder Legislativo”, disse o deputado Kelps em seu pronunciamento na Casa nesta terça-feira (11).

Para o especialista da Folha de São Paulo, a lei criada no RN é a mais avançada no país. “A lei do RN permite que todas as modalidades de certificação possam ser usadas para criar sistemas de assinatura digital válidos. Parece um pequeno passo, mas é o início de um caminho que pode levar à digitalização dos serviços públicos e acabar com a burocracia, concretizando os ideais de GovTech”, disse ele, se referindo a infraestrutura de tecnologia e soluções inovadoras que os departamentos do governo usam para fazer seu trabalho interno ou fornecer serviços aos cidadãos.

Com a aprovação da Lei, o Estado do Rio Grande do Norte é o primeiro do país a aceitar a assinatura digital para propor um Projeto de Lei no âmbito da Assembleia Legislativa. Isso significa que não será mais necessária a coleta in loco de assinaturas.

Para o presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), a nova Lei aprovada na Assembleia e sancionada pela governadora Fátima Bezerra (PT) amplia e facilita a participação popular no processo legislativo. “A Assembleia, através da tecnologia, vem revolucionando o acesso da população às informações da Casa. Agora, com esta lei, este processo se fortalece, diminuindo a distância entre o Poder Legislativo e à população”, ressaltou.

Na sessão desta terça-feira, os deputados Hermano Morais (MDB) e Francisco do PT também enalteceram a iniciativa de Kelps Lima.


Compartilhe esta postagem

Assembleia aprova lei que prioriza compra de alimentos da agricultura familiar

Assembleia aprova lei que prioriza compra de alimentos da agricultura familiar
Crédito da Foto: João Gilberto

Foi aprovado nesta terça-feira (11), à unanimidade na Assembleia Legislativa, um Projeto de Lei que exige que pelo menos 30% dos gêneros alimentícios adquiridos pelo Governo do Estado sejam produzidos por agricultores familiares. A lei é de autoria da deputada estadual Isolda Dantas (PT), que fez uma ampla defesa da aprovação da matéria durante a sessão plenária. Os deputados Kelps Lima (Solidariedade) e Francisco do PT contribuíram com o projeto encartando emendas, também aprovadas em plenário.  
“É na crise que o Estado tem que olhar para os setores mais importantes. Não há como se pensar em políticas públicas para o desenvolvimento do RN sem olhar com atenção para os pequenos agricultores. Esse Projeto de Lei foi construído junto aos movimentos sociais e de campo em favor do desenvolvimento da agricultura familiar”, explicou Isolda, que durante a votação agradeceu aos deputados por terem aprovado o projeto.
A parlamentar destacou que 191 mil mulheres e homens potiguares são agricultores familiares, o que, segundo ela, atesta a dimensão do alcance da proposta. As mulheres, inclusive, terão preferência, bem como a produção agrosustentável. Ainda de acordo com a deputada, o Governo do Estado compra, em média, R$ 10 milhões por mês em gêneros alimentícios, para programas de segurança alimentar e alimentação de apenados. Com a lei, serão pelo menos R$ 3 milhões mensais para a aquisição de produtos oriundos da agricultura familiar.
Outro projeto aprovado denomina Emmanuel Bezerra dos Santos a Casa do Estudante do Rio Grande do Norte. A proposta, de iniciativa do Poder Executivo, foi amplamente debatida entre os deputados. Para Coronel Azevedo (PSL) “a homenagem é uma humilhação para a PM”. Ele disse que o militante agia contra a lei. Os deputados Isolda Dantas (PT), Francisco do PT e Sandro Pimentel (PSOL) defenderam a proposta enaltecendo a história de luta do homenageado. “Emmanuel foi torturado e morto durante a Ditadura Militar”, disse Isolda. O projeto foi aprovado pela maioria dos presentes, exceto pelo Coronel Azevedo e Getúlio Rêgo (DEM).
Além desses, outros 16 projetos foram aprovados nesta terça-feira. Entre eles, o que regulamenta as condições de repouso das profissionais de enfermagem nas instituições de saúde publica e privada, propositura da ex-deputada Márcia Maia (PSDB) e o que institui a Política Estadual de Incentivo à permanência de jovens e adultos no meio rural através da qualificação da oferta educacional, do deputado Nélter Queiroz (MDB).
Compartilhe esta postagem

Outros Prefeitos não tiveram essa atenção? Gestão Valdir adquiriu um novo limpa fossa

Outros Prefeitos não tiveram essa atenção? Gestão Valdir adquiriu um novo limpa fossa

O município de Jucurutu adquiriu um novo limpa fossa com capacidade de 4m3. Com esse novo equipamento o município poderá melhor atender a população que não possui esgotamento sanitário, tanto na zona urbana, quanto zona rural.

Foram investidos 34.700,00 reais. Nos próximos dias será lançado o cronograma da limpeza das fossas do município.


Compartilhe esta postagem

Indústria do Boné mostrará empreendedorismo do Seridó

Indústria do Boné mostrará empreendedorismo do Seridó
Bonés do Seridó na FENECITIA região do Seridó tem ganhado cada dia mais espaço por sua capacidade produtiva e por seu potencial empreendedor. A FENECITI – Feira Regional de Negócios, Ciência, Tecnologia e Inovação estreará sua primeira edição em Caicó-RN como parte de um calendário trimestral que se estenderá por outras regiões do estado. O objetivo é gerar um ambiente favorável aos negócios em todo o Rio Grande do Norte, bem como disseminar o que há de mais moderno em pesquisas e novas tecnologias.
Para o presidente da SINDBONÉS-RN, Jaedson Dantas, um dos destaques da feira é que ela permite potencializar o empreendedorismo já bem presente na região, principalmente na indústria, o que justifica o apoio da FIERN ao evento. Ainda sobre destacar potencialidades que podem ser divulgadas na FENECITI, ele confirmou a participação de fábricas de bonés entre os expositores do evento.
“O Seridó é uma região empreendedora. Somos o segundo polo produtor de bonés do Brasil, com 80 empresas atuantes, gerando emprego, renda e desenvolvimento”, enfatizou Jaedson. Ele complementa que a proposta da FENECITI é importante ao envolver outros setores trazendo conhecimento e redes de contato aos empreendedores da região.
Compartilhe esta postagem

América faz 8 a 0, avança em 1º e enfrentará ‘velho conhecido’ na Série D

América faz 8 a 0, avança em 1º e enfrentará ‘velho conhecido’ na Série D
AMÉRICASe a chuva nesta segunda-feira (10) em Natal é de água, na noite desse domingo (9) foi de gols. Na Arena das Dunas, o América enfrentou o Serrano-PB e goleou por 8 a 0, no encerramento da primeira fase da Série D do Campeonato Brasileiro. Os gols foram marcados por Murici (2), Roger Gaúcho (2), Max, Joazi, Adenilson e Geninho. Com 13 pontos, o Alvirrubro ficou na primeira posição do grupo A6.
No mata-mata, o time potiguar vai encarar o Bahia de Feira. A equipe baiana foi rival do América na primeira fase. Em Natal, o jogo acabou 0 a 0. Na Bahia, os rubros venceram por 2 a 1. Contudo, o adversário do América pode mudar para o xará América de Pernambuco. O time baiano deve ser julgado pelo STJD nesta semana e pode perder três pontos.
Compartilhe esta postagem

Ouça aqui o Programa Direto do Gabinete que foi ao ar nesta sexta, 07 de Junho

Ouça aqui o Programa Direto do Gabinete que foi ao ar nesta sexta, 07 de Junho
Perdeu o Programa Direto do Gabinete no rádio?

Ouça aqui a edição que foi ar na última sexta, 07 pela Rádio Comunitária de Jucurutu – 104,9 FM. Esta semana o prefeito fala sobre a ampliação da malha hidráulica no Sítio Espinheiro, repasse de valores a Câmara de Vereadores, previdência, impostos, parcelamento de débitos deixados por administrações anteriores, despesas da Prefeitura, retomada da obra de reforma e ampliação do Hospital Maternidade Terezinha Lula, qualidade da merenda escolar e outros assuntos de interesse dos munícipes.

Dá o play e acompanhe as principais ações que foram destaque esta semana na Gestão Valdir Medeiros.

Compartilhe esta postagem

Equipe Esniper de Jucurutu fez bonito no maior evento de Carabina do Pernambuco

Equipe Esniper de Jucurutu fez bonito no maior evento de Carabina do Pernambuco

O evento de Carabina de Pressão que mais cresce na região chega em 2019 na sua 4° edição e com uma das maiores premiações da categoria. Foram mais de 10.000 (dez mil reais) em prêmios e troféus. O torneio aconteceu neste domingo, 09 de Junho na Chácara Paraíso em Santa Cruz do Capibaribe no estado do Pernambuco.

A equipe Sniper de Jucurutu participou da competição obtendo ao final um excelente resultado. Ao todo 107 atiradores estiveram na disputa.

Confira:

Prova do alvo
Gilson dos bordados – 3° lugar
Fernando Negrão – 29° lugar
Deglysom de Pepê – 73° lugar
Prova da agulha
Fernando Negrão – 1° lugar
Gilson e Deglysom não se classificaram nessa prova.
Compartilhe esta postagem